Em Destaque

Suplementação após cirurgia bariátrica

Com o crescimento da obesidade no Brasil e no mundo, a cirurgia bariátrica surgiu como um tratamento eficaz para esta doença, sendo o bypass com derivação em Y de Roux a técnica mais realizada atualmente. 

A eficiência desta técnica se deve à melhora do perfil metabólico do paciente e menores taxas de mortalidade. Porém, deve-se ter cuidado com a ocorrência de possíveis deficiências nutricionais (vitamina B12, ferro, cálcio, vitamina D, A, zinco, proteína, e outros). Um dos fatores interferentes é a menor acidez gástrica, por exemplo, que dificulta a absorção de ferro e digestão de proteína, além da tendência a “intolerância” à carne vermelha (uma excelente fonte destes nutrientes) que esses pacientes podem desenvolver. A ingestão e suplementação de proteína também deve sempre ser avaliada para minimizar a perda de tecido muscular. Bons hábitos devem ser estimulados para a manutenção do peso e melhor qualidade de vida.

 

GABRIELA BACELAR
NUTRICIONISTA/ CRN5 6734