Para Inspirar

Mais cores para a vida

O nosso corpo é repleto de células, cada uma delas executa váriaaas funções diferentes para que tudo funcione como o esperado e para isso se multiplicam incansavelmente. Quando acontece algo de errado nesse processo, podem surgir alterações no funcionamento, levando a produção excessiva de células e contribuindo para a formação de um tumor. Nesse momento fatores genéticos devem ser considerados, mas o que você põe no prato é o maior responsável. A exposição a radiações, toxinas, uso de álcool, obesidade, sedentarismo, o consumo cada vez maior de produtos alimentícios industrializados ricos em açúcares, gorduras, corantes, conservantes e aditivos químicos contribuem para o surgimento de doenças crônicas como o câncer.

Mas nem tudo está perdido! A mudança de hábitos alimentares é a peça chave para prevenção e controle dessa doença. Consumir mais fibras, frutas, verduras e legumes, além de praticar atividade física são sinônimos de longevidade. E não se esqueça daquela velha frase da mamãe "Tem que colorir o prato" é bonito, é saudável. O vermelho do tomate, por exemplo, é graças à um supernutriente chamado licopeno que previne o câncer de próstata; já os alaranjados devemos lembrar do betacaroteno presente na cenoura, abóbora impedem a absorção de aditivos alimentares; enquanto o roxos das antocianinas encontrados na berinjela, amora, açaí prometem turbinar o coração e reduzir as células cancerígenas.

Não deixe sua fome falar mais alto, abuse dos vegetais!